Menu
PONTO BELO | ES: MDB, PP, PDT, PL e Republicanos oficializam apoio à pré-candidatura de Coutinho
25/06/2024 14:25 em Notícias Gerais

Clique no player acima e ouça a RCM 24h por dia de onde você estiver.

Após o lançamento da pré-candidatura de Marcos Coutinho à Prefeitura de Ponto Belo pelo MDB, o Partido Progressista - PP, o Partido Democrático Trabalhista - PDT, o Partido Liberal - PL e o Republicanos declararam apoio ao projeto do ex-secretário, apontado pelo mercado político como franco favorito no pleito deste ano. 

A chapa do PP possui três vereadores com mandato - a presidente da Câmara, Irmã Ilza, o vereador Lourinho e o vereador Noel, além de estreantes nas urnas, como o produtor rural Artur Porto, o empresário Alvenício e a comerciária Rute, bem como pré-candidatos com experiência em eleições, a exemplo das diretoras escolares Alessandra Fonseca e Adriana Moreira, e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Altieli.

“O PP marcha unido em apoio à pré-candidatura de Marcos Coutinho. Jovem, capacitado, revolucionou a saúde e vai revolucionar a cidade”, comentou a Presidente da Câmara Irmã Ilza. A vereadora citou ainda que a decisão conta com o aval do deputado federal Da Vitória e da deputada Janete de Sá.

O PDT, em Ponto Belo, é conduzida pela ex-vice-prefeita Roze Guese e recebeu, na janela partidária deste ano, a chegada de nomes de peso para a disputa à Câmara Municipal. Entre os filiados estão os vereadores Betão e Adilson. A sigla também atraiu pré-candidatos com experiência nas urnas, a exemplo de Ilma Borges, Zé Mário e Mauro Rolamento, além de novatos com boas expectativas, como Vérica Mateus, viúva do ex-vereador Marcelo Trindade, a técnica em enfermagem Rozana e os jovens Victória Hanna, Maguinho e Baliza.

“O PDT de Ponto Belo decidiu apostar na renovação. Coutinho é um nome novo e preparado. Realizou bom trabalho por onde passou. Decidimos caminhar juntos e construir uma proposta para a cidade”, comentou Roze.

O vereador Betão, por sua vez, que chegou a cogitar disputar a Prefeitura pelo partido, explica que decidiu recuar para construir um projeto único em favor da cidade. “Ponto Belo é um município pequeno para tantas divisões.

O PDT faz um ato de grandeza e decide se unir em torno de um nome único com capacidade para governar a cidade”, disse. Questionado sobre a frente ampla que reúne em torno de si, Coutinho afirmou: “Estou muito grato a todos os partidos envolvidos. Após muito diálogo, conseguimos chegar até aqui e vamos continuar conversando com os demais partidos que quiserem fazer parte deste movimento”.No arco de alianças de Coutinho também estão o Partido Liberal - PL e o Republicanos.

Reportagem: 

 

COMENTÁRIOS